logo
Lembranças de Família e Histórias Infantis

MINHA MÃE TEM ALZHEIMER – aspectos psicológicos do mal de Alzheimer

Tânia Nogueira/Psicóloga A primeira vez que tive contato com alguém com o mal de Alzheimer, foi no ano 2000. Em um aeroporto, uma mulher muito alinhada andava em varias direções, quase que sem rumo, e falava a mesma frase repetidamente. A mulher chamava atenção, mas o que mais me impressionou foi a expressão de ...

A IMPORTANCIA DO BRINCAR NA VIDA DAS CRIANÇAS

  I       Isadora Borges Morato de Andrade   Segundo Vygotsky o brincar das crianças tem uma relação com o seu desenvolvimento. O brinquedo cria uma zona de desenvolvimento proximal na criança, isto é, brincando a criança desenvolve funções que estão em processo de amadurecimento e que se ...

Costurando o Tempo

Morgana Valente/ psicóloga e artista plástica   Entre caixas guardadas há tanto tempo, lá estavam os fragmentos de diversos anos vividos, registros da história de uma mulher, de seus filhos e seus anseios. A velha tesoura, a fita métrica, a máquina de costura e os diversos desejos inconfessáveis na época, ...

Férias no interior de Minas

Tânia Nogueira Quando eu era criança passava minhas férias na casa da vó Júlia, em Sete Lagoas (MG). Era uma casa de gente pobre - o chão de terra batida, o telhado sem forro, o banheiro numa “casinha” no terreiro. Como eu me sentia feliz quando acordava com os raios de sol que entravam no quarto através das ...

Pelas quadras do Santos Dumond

Autor: Anderson Tadeu. Profissional da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais, Pós-graduado em Gestão da Informação e do Conhecimento pelo CEFET-MG, Pós-Graduado em Dependência Química pela UFSJ. Atua no TJMG como Oficial do Judiciário junto à questão da criança e do adolescente. Escreve poesias e ...

Minha mãe cozinhava e cantava

Autora: Maria José Birro. Psicóloga/psicoterapeuta Um pouco mais de poesia de Adélia Prado... Lembranças da maternagem. Há alguns dias recebi por email uma crônica/poesia onde era colocada como autora Adélia Prado: “Quanto jeito que tem de ter amor”. Achei linda. Senti-me amada. Fui procurar mais no ...

Desde que aprendi a ler

Tânia Nogueira   “Nem mesmo a mais bela nuvem cobria o céu tão azul naquela manhã de primavera”. Foi com esta frase que ganhei meu primeiro prêmio na escola. Não é minha, foi pinçada do livro: O vento e a brisa. Eu estava na quarta série de grupo e ganharia o aluno que levasse a frase mais bonita, ...