logo

Família e Terapia de Família/ Bibliografia básica 2a. parte

Família e Terapia de Família/ Bibliografia básica (autores de M a Y)

MACEDO, R. M. S. Terapia familiar no Brasil na última década. São Paulo: Roca, 2008

MC GODRICK, M., GERSON, R., PETRY, S. Genogramas – Avaliação e Intervenção familiar. 3ª. ed. Porto Alegre: Artmed, 2008.

MC GOLDRICK. M. (Org.). Novas abordagens da Terapia Familiar: raça, cultura e gênero na prática clínica. São Paulo: Roca, 2003

MINUCHIN S.; NICHOLS, P. M; LEE, W.-Y. Família e Casal -do sintoma ao sistema. Porto Alegre, 2009.

_________; LEE, W-Y, SIMON, G. M. Dominando a terapia familiar.2ª. ed. Porto Alegre: Artmed, 2008.

_________.; FISHMAN, S. C. Técnicas de terapia familiar. Porto Alegre: Artes Médicas, 1990.

MINUCHIN, P; COLAPINO, J., MINUCHIN, S. Trabalhando com famílias pobres. Reedição, Porto Alegre: Artmed, 2005.

NICHOLS, M. P.; SCHWARTZ, R. C. Terapia Familiar – Conceitos e Métodos. 7ª. ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

OLIVIER, Lou de. Distúrbios Familiares. Rio de Janeiro: Wak, 2008.

OSÓRIO, L. C; VALLE, M. E. P. e colaboradores. Manual de terapia familiar. Porto Alegre: Artmed, 2009.

___________. Manual de terapia familiar. Vol. II, Porto Alegre: Artmed, 2011.

PALADINO, E..O adolescente e o conflito de gerações na sociedade contemporânea. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2005.

PAPP, P. O processo de mudança: uma abordagem prática à terapia sistêmica da família. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992.

PENSO, M. A.; COSTA, L. F.A transmissão geracional em diferentes contextos: da pesquisa à intervenção. São Paulo: Editora Summus, 2008.

PISZEZMAN, M. L. R.M. Terapia Familiar Breve: Uma nova abordagem terapêutica em instituições. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1999.

PRADO, L. C. (Org.). Famílias e terapeutas: construindo caminhos. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

———————–Amor & violência nos casais e nas famílias. Porto Alegre: UFRG, 2004

PRADO, M. C. C. A. Destino e Mito familiar  Uma questão na família psicótica. São Paulo: Vetor, 2000.

RAMOS, M. Casal e família como paciente. São Paulo: Escuta, 1999.

_______ Introdução á Terapia familiar. 1a. ed. São Paulo: editora Claridade, 2006.

RAPIZO, R. Terapia Sistêmica de família: da instrução à construção. Rio de Janeiro: Instituto Noos, 1996.

RECH, T. Segredos Familiares: Uma complexa trama relacional. Editora Imprensa Livre, 2007.

RICHET, H. E. A família como paciente. São Paulo: Martins Fontes, 1990.

RODRIGUES, M. Descongelando o tempo: técnicas em acolhimento e terapia familiar. Rio de Janeiro: Sophia, 2009.

ROSSET, S. M.Izabel Augusta. A família como caminho. Curitiba: Livraria do Chain Editora, 2001. 2ª. ed atualizada: São Paulo: ed Sol

________ Terapia relacional sistêmica. Curitiba: Sol, 2008.

SATIR, V. Terapia do grupo familiar. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1980.

MCGOLDRICK, Monica (Org.). Novas abordagens da Terapia Familiar: raça,

SCHWARTZ, Richard C. Terapia dos sistemas familiares internos. São Paulo: Roca, 2004.

SEIXAS, M. R. D’A. Origem e trajetória da Terapia Familiar no Brasil. São Paulo: Roca, 2010.

STRAY, M.; HORTA, R. (org). Família e gênero. Porto Alegre:Edipucrs, 2007

TAIBBI, R. Fazendo Terapia Familiar – Habilidade e Criatividade na prática clínica. 2a. ed. São Paulo: Roca, 2009. 

TURKENICZ, A. Organizações familiares – Contextualização Histórica da família Ocidental. Curitiba: Juruá, 2012.

VITALE, M. A. F.; MUNHOZ. M. L. P.Terapia Familiar em pesquisa- Novas contribuições. São Paulo: Roca, 2013.

WAGNER, A. (org) Como se perpetua a família? A transição do modelo familiar. Porto Alegre: EDIPURS, 2005.

WAGNER, A  Desafios Psicossociais da Família Contemporânea. Porto Alegre: Artmed, 2011.

YAMAMOTO, Kayoko. Psicoterapia Preventiva da Família: método e ilustrações clínicas. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2006.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.