logo

JUNHO O MÊS DAS CEREJAS

Há alguns dias, entrei em uma loja para comprar bombons e me deparei com uma embalagem em forma de coração e cravado com bombons de cereja. Fiquei pensando: é o presente que gostaria de ganhar no dia dos namorados (para mim, vale mais o fato de receber o presente do que  seu valor monetário).

Os bombons me fizeram lembrar uma das mais bonitas músicas do grupo Bee Gees: cherry red. Desde a minha adolescência me emociono com esta música, não tanto pela letra, mas, especialmente, pela melodia.

E qual foi a minha surpresa ao verificar que junho é o mês das cerejas!!! As cerejas estão amadurecidas e podem ser colhidas em junho.

Daí surgiu Junho das Cerejas. Em junho comemoramos o dia dos namorados (regado ou não a cerejas e/ou bombons de cereja). Vamos falar um pouco do Amor,  começando com Carlos Drummond de Andrade “poetizando” o amor antigo e da relação entre casais.

Junho é também, o mês das festas juninas. Não sei como estão ou são hoje as festas juninas. Mas, todos das gerações anteriores à geração Y (os que nasceram no início dos anos de 1980). Todos, com certeza, têm boas recordações sobre estas festas. Quantos casais não se formaram nas festas juninas?!

Mas junho também é marcado pela entrada do inverno (21/06) e outras datas comemorativas, entre elas: dia mundial do meio ambiente (05/06), dia do aperto de mão (21/06) e “pasmem” dia 25/06 é o dia do cotonete (?!).

Feliz dia dos namorados (de preferência com cerejas)!!! E para quem não tem namorado (a): SEJA FELIZ em sua própria companhia, goste de você e se trate bem.

 

Abaixo, para quem não conhece, uma das minhas músicas do coração, que fala do amor, da paixão, da beleza de amar e ser amada.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.