logo

Uma metáfora de família

Autor(a): Ceide Lemos de Souza Lima (Psicóloga/ Terapeuta Sistêmica de família, casal e individual).

slider1

 

Quando penso em família, logo me vem a imagem, a ideia de uma orquestra, a ponto desta constituir, para mim, uma metáfora de família.

Nos dois casos, trata-se de um grupo, de um conjunto de elementos ou todo, formado por partes ou subgrupos. E a orquestra pode ser grande ou pequena, formada de um único tipo de instrumento (só flautas) ou de vários tipos (violinos, trombones, violoncelos), ser formada só de crianças ou adultos etc. A família também pode ser de vários tipos (ela tem mudado muito):ser formada de 1 ou até mesmo 12 filhos, só de pai ou só mãe e filhos, avós e netos, casal homossexual e crianças etc.

Em ambos os grupos acontece uma interligação entre suas partes e o todo, pois cada um influencia e é influenciado pelo outro, o que leva alguns estudiosos a falar de um “sistema”.

Assim, também percebemos que as funções ou tarefas das partes/subgrupos podem ser diferentes, mas, como todo, visam objetivo(s) comum(s): a harmoniosa execução de uma música (por exemplo, no caso da orquestra), ou relações saudáveis, convívio feliz, educação dos filhos, formação de cidadãos (no caso da família).

Acontece que, tanto a orquestra como a família são seres vivos, dinâmicos, passam por ciclos, enfim: nascem, crescem e até morrem.

E muitas vezes, na sua caminhada, ocorrem descaminhos, insucessos, problemas de várias ordens (econômica, social, emocional, etc.) que geram frustrações e sofrimentos. A orquestra desafina, os membros se separam, ela se desfaz. A família, por sua vez, pode procurar a solução, por exemplo, repetindo estratégias de funcionamento que já não possibilitam mais seu crescimento, então emperra e distancia-se de vivências saudáveis, de relações produtivas.

Várias limitações podem estar sendo a base da manutenção deste momento difícil ou crise, limitações, estas situadas em algum (s) dos diversos setores do grupo orquestra/família como: estrutura, comunicação, vivência e expressão de sentimentos, problemas específicos do ciclo em que está e tantos outros.

Sabemos também que cada orquestra/família tem sua história, ideologia, valores, mitos, crenças, desejos, ideais, heranças. E se é ela que constrói suas dificuldades, problemas é também nela que está a solução. ELA é capaz de reconstruir sua história, de encontrar a “sua solução”, pois não existe uma só resposta pronta e acabada. Acontece que, muitas vezes, fica difícil chegar à solução, pois o grupo tende a buscar um culpado, quando na verdade, todos os participantes são responsáveis tanto pela dor, como pelas delícias que acontecem na trajetória do seu grupo

E, para mim, esta é a grande força do sistema (família): seu poder de (re)construção, de renovação, onde todos são coconstrutores.

Afinal, para que serve a orquestra/família?

Além de poder ser o lugar de desavenças, conflitos, sofrimentos, pode também ser o seio da aprendizagem pelo erro e acertos, da construção da identidade, da formação do cidadão, do ser social, o lugar da aprendizagem pela imitação, de troca de referências, de heranças passadas e recebidas, enfim, lugar de constituição de cada pessoa através da interação interna e com o exterior (escola, amigos, colegas, sociedade etc.).

Tal é, para mim, a grande importância tanto da família como da orquestra (arte/música), estas criações humanas tão antigas!

Mas, geralmente, há também quem diga que não curte, não valoriza música, orquestra, arte, como também há os que afirmam ser a família um mal necessário ou até que ela só é boa mesmo na foto …

E você, o que pensa, sente, vive a respeito da família? Qual é a sua metáfora?



2 respostas para “Uma metáfora de família”

  1. Maria José Queiroz disse:

    Parabéns pelo texto, achei a metáfora muito coerente com o contexto.
    Abraço.
    Maria José Queiroz
    Psicóloga /Psicopedagoga

  2. ceide lemos de souza lima disse:

    Obrigada , Maria José, pela sua participação.
    Esteja conosco , pois seu parecer é significativo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.