logo

O SEGREDO*

“SE EU PUDESSE DEIXAR ALGUM PRESENTE A VOCÊ,

      DEIXARIA ACESO O SENTIMENTO

DE AMAR A VIDA DOS SERES HUMANOS

     A CONSCIÊNCIA DE APRENDER

TUDO O QUE FOI ENSINADO PELO TEMPO AFORA…

 LEMBRARIA OS ERROS QUE FORAM COMETIDOS,

     PARA QUE NÃO MAIS SE REPETISSEM.

A CAPACIDADE DE ESCOLHER NOVOS RUMOS.

      DEIXARIA PARA VOCÊ, SE PUDESSE,

O RESPEITO À AQUILO QUE É INDISPENSÁVEL;

               ALÉM DO PÃO, O TRABALHO

              ALÉM DO TRABALHO, A AÇÃO.

E QUANDO TUDO MAIS FALTASSE, UM SEGREDO:

          O DE BUSCAR NO INTERIOR DE SI MESMO,

A RESPOSTA E A FORÇA PARA ENCONTRAR A SAÍDA.”

MAHATMA GANDI

GANDI não deu título a este poema.O título foi dado por mim, pensando nas pessoas que sobreviveram ao “Massacre” de BRUMADINHO que terão de encontrar saídas diante de tantas perdas.



Deixe uma resposta